Tempo médio de leitura desse post: 7 minutos

No final de fevereiro, começou a funcionar o novo sistema do Bike Rio. Para quem não conhece, é um sistema de aluguel de bicicletas compartilhadas que existe em algumas cidades brasileiras. Claro que a gente – que não perde a chance de dar uma pedalada – foi testar para passar todas as informações pra vocês aqui no nosso blog.

No novo sistema, você pode retirar a bike direto na estação com seu cartão de crédito (a máquina não aceita cartão de débito), ou então por meio do  aplicativo “Bike Itaú“, disponível para iOS e Android.

Pelo aplicativo:

1- Baixe o aplicativo. Na primeira tela, você já consegue ver quais são as estações mais próximas e se há bike disponível. Não esqueça de permitir o acesso à sua localização.
No app também estão disponíveis: um menu que permite a busca em forma de lista, um cronômetro para marcar o tempo de entrega da bike, um botão de atualizar (em poucos segundos pode mudar o estoque
das bikes) e uma legenda para as figuras do mapa.

2- Faça o cadastro no app. Se você já for cadastrado, basta efetuar o login. Nessa mesma tela você também pode definir suas preferências para unidades de medida e idioma, e ler sobre o aplicativo e os termos de uso.
Aliás, sobre os termos de uso, é muito importante observar que será debitada uma pré-autorização no seu cartão de crédito. Se a bicicleta for devolvida dentro do período estipulado, o valor será desconsiderado em até quatro dias. Caso aconteça algum imprevisto com a bike e você não comunique a central de relacionamento do Bike Itaú, o valor será automaticamente debitado. 🙁
Escolha sua a cidade e vamos para o próximo passo.

3- Selecione o plano. Você pode achar essa parte confusa, pois em nenhum momento há informações sobre como os planos funcionam. Mas não se preocupe, estamos aqui para explicar tudo para você.
Funciona assim: no plano diário, de R$ 5 é possível fazer viagens ilimitadas de até 60 minutos com a bike. Caso ultrapasse esse tempo, será cobrado um valor adicional de R$ 5 por hora.
Dica: para não ser cobrado o valor adicional, faça um intervalo de 15 minutos a cada viagem. Ou seja, você pode ficar o dia inteiro com a bike pagando somente R$ 5 desde que respeite esse intervalo de 15 minutos, Bom, né?
O plano mensal, de R$ 10 vale a pena se você permanecer na cidade por mais tempo e for usar a bike regularmente. No mais, ele funciona igual ao plano diário: viagens de até 60 minutos com intervalo de 15 minutos para a próxima viagem.
Talvez você esteja se perguntando: “por que eu não posso ficar com a mesma bike o dia inteiro?” É aí que entra a parte que mais gostamos: a do compartilhamento. O sistema é feito dessa maneira para auxiliar que o maior número de pessoas tenha acesso às bikes e que, na medida do possível, sempre tenham bicicletas disponíveis em todas as estações. Assim, todo mundo sai ganhando e pedalando. 😉

bike rio

4- Crie sua conta. Aqui são três etapas. A primeira é fornecer seus dados pessoais (nome, sobrenome, etc). Dica importante: quando for colocar sua data de nascimento comece pelo ano. Se você tentar começar pelo dia ou mês, o app não vai permitir. A segunda etapa é fornecer o seu endereço e a terceira,  preencher os dados do seu cartão de crédito. Após inserir os dados do cartão, clique em enviar pedido. Em seguida, clique em desbloquear minha bicicleta agora. Aparecerá um código na sua tela.

5- Escolha a sua bike. Digite o código de liberação que está aparecendo no seu celular na caixinha que fica do lado esquerdo da bike. Ela ficará alguns segundos com a luz amarela acesa (enquanto processa) e assim que estiver tudo ok, acenderá a luz verde, e sua bike será liberada para uso (esse processo não leva mais do que três segundos).
Dica do Hospeda: antes de escolher a bike, dê uma olhada nos pneus e verifique se estão cheios, tente escolher uma com o selim (banco) ajustado ao seu tamanho (a altura é regulável, mas facilita se você já pegar uma na sua altura) e dê um check geral na bike pra ver se não tem nada quebrado.

Pronto. Agora é só se divertir e aproveitar as lindas paisagens da cidade. 🙂

6 – Hora de devolver. A devolução pode ser feita em qualquer estação. Basta encaixar a bike em uma das posições livres (tem que ser com um pouquinho de força). Certifique-se de que a bike está bem presa, espere acender a luz verde na mesma caixinha onde você colocou o código pra retirá-la e pronto, tá feito! Logo em seguida você receberá um e-mail do Bike Rio com seu registro de viagem.
Dica do Hospeda: ative o cronômetro do app ao retirar a bike. É muito fácil se perder no tempo em meio ao lindo cenário da cidade. Ao ativar o cronômetro, você receberá uma notificação no seu celular avisando quando faltarem cinco minutos para a devolução.

Direto no totem:

Caso você não queira baixar o app, também é possível fazer todo esse processo direto no totem nas estações.

Sobre bike:

Elas estão novinhas, são muito gostosas de pedalar e têm:
– Uma cestinha aberta muito legal com um elástico para levar mochila, sacola, etc. Isso tudo sem acumular água ou sujeira. OBS: sim, parece uma cadeirinha, mas não pode levar criança nem cachorro;
– Cobre-corrente pra gente não se sujar de graxa;
– Três velocidades;
– Retrovisor;
– Buzina;
– Canote com altura ajustável;
– Refletores dianteiros, traseiros e nas rodas.

Gostou do post? Te ajudou de alguma forma? Quer acrescentar mais alguma informação? Deixe seu comentário aqui em baixo ou manda e-mail pra gente no contato@hospedaatleta.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *